Análise do uso de ferramentas gerenciais: um estudo na gestão de propriedades produtoras de tabaco no sul do brasil

  • Rafaela Beatriz Scherer
  • Rodrigo Rabuske
Palavras-chave: Produtor de Tabaco, Ferramentas Gerenciais, Gestão da Propriedade

Resumo

O presente estudo objetivou analisar a percepção dos produtores de tabaco, dos 30 municípios do sul do Brasil que mais produziram tabaco na safra 2019/2020, em relação à utilização de ferramentas gerenciais na gestão da propriedade. A metodologia caracteriza-se como pesquisa exploratória com abordagem descritiva e quantitativa, feita por meio de entrevistas estruturadas com perguntas fechadas de múltipla escolha e questões com escala lickert. Os dados foram obtidos através de aplicação de questionário, organizado em três blocos. O questionário foi aplicado com o apoio de 29 orientadores agrícolas, no período de 30 de março e 12 de maio de 2021, e obteve a participação de 296 produtores. Os resultados obtidos revelaram que apesar dos produtores entenderem que a utilização de práticas gerenciais no desempenho de suas propriedades é moderadamente importante a importante, apenas 18,9% dos produtores pesquisados utilizam a prática gerencial para subsidiar a gestão da propriedade, onde para os 81,1% que não a utilizam, o principal motivo está atrelado a falta de conhecimento frente ao que a contabilidade e as ferramentas gerenciais podem proporcionar na gestão de negócios das pequenas propriedades.

Publicado
2020-12-09
Como Citar
Beatriz Scherer, R., & Rabuske, R. (2020). Análise do uso de ferramentas gerenciais: um estudo na gestão de propriedades produtoras de tabaco no sul do brasil. REVISTA DE CONTABILIDADE DOM ALBERTO , 10(18), 334-374. Recuperado de https://revista.domalberto.edu.br/revistadecontabilidadefda/article/view/576