REVISTA DE SAÚDE DOM ALBERTO https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto <p align="justify">A <strong>Revista de Saúde Dom Alberto</strong> (<a href="https://portal.issn.org/resource/ISSN/2318-7700#" target="_blank" rel="noopener">ISSN 2318-7700</a>), com periodicidade de publicação semestral, é uma iniciativa da Coordenação de Pós-Graduação e Publicação da Faculdade Dom Alberto, de Santa Cruz do Sul/RS. É uma revista acadêmico-científica em formato on-line que visa a divulgar produções científicas da área do conhecimento das Ciências da Saúde(Enfermagem, Medicina, Odontologia, Farmácia, Nutrição, Saúde Coletiva, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Educação Física) e áreas afins.</p> pt-BR revistas@domalberto.edu.br (Juliana Machado Fraga) setordeti@domalberto.edu.br (Setor de TI) Seg, 08 Ago 2022 09:26:29 -0300 OJS 3.1.2.1 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 O PAPEL DO ENFERMEIRO NAS CONSULTAS DE PUERICULTURA NA ATENÇÃO BÁSICA: REVISÃO INTEGRATIVA https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/770 <p>O enfermeiro tem papel importante no acompanhamento do crescimento e<br>desenvolvimento infantil, tendo um olhar ampliado do contexto de saúde e familiar da <br>criança nas consultas de puericultura. Trata-se de uma revisão integrativa de literatura <br>cujo objetivo é identificar o papel do enfermeiro nas consultas de puericultura na <br>atenção básica. Foram utilizadas as bases de dados BVS, BDENF e LILACS e obteve <br>uma amostra de treze artigos, em que evidenciou-se a importância do enfermeiro <br>durante as consultas, a criação do vínculo com a criança e família, assim como as <br>dificuldades enfrentadas para realização das consultas de puericultura.</p> Renata da Silveira Pereira, Juliana Amaral Rockembach Copyright (c) 2022 REVISTA DE SAÚDE DOM ALBERTO https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/770 Seg, 08 Ago 2022 09:04:40 -0300 A NEUROPROTEÇÃO NA DOENÇA DE ALZHEIMER PELA ATIVIDADE FÍSICA: UMA REVISÃO DA LITERATURA https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/771 <p>O presente trabalho constitui-se de uma revisão integrativa da literatura científica <br>com o objetivo de analisar a produção atual referente à função da atividade física <br>(AF) como fator neuroprotetor nos casos de Doença de Alzheimer (DA) <br>diagnosticada. MÉTODO: foi realizada uma busca sistematizada nas plataformas de <br>periódicos virtuais Scientific Electronic Library Online (SCIELO) e Literatura LatinoAmericana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), na modalidade todos os <br>índices, utilizando-se de seis palavras-chave obtidas pela plataforma de Descritores <br>em Ciências da Saúde (DeCS). RESULTADOS: dos 172 artigos encontrados, <br>apenas dez foram selecionados como objeto de estudo desta revisão por se <br>enquadrarem aos quesitos de inclusão previamente delimitados, os quais abarcam <br>estudos experimentais, estudos quase-experimentais, relato e estudo de casos e <br>revisões de literatura, tendo sido publicados entre os anos de 2014 e 2018, nos <br>idiomas Português, Inglês ou Espanhol. CONCLUSÃO: a atividade física aeróbica e <br>multimodal parece estar associada à melhora do funcionamento cognitivo, com<br>evidências para o melhoramento das chamadas funções executivas em indivíduos <br>com Doença de Alzheimer, bem como para a prevenção da neurodegeneração, <br>funcionando enquanto recurso terapêutico e preventivo tanto à neurogênese quanto <br>à plasticidade sináptica, havendo pontuações, no entanto, sobre a necessidade de <br>se amplificar as amostras, bem como de se uniformizar dos protocolos terapêuticos <br>à maior confiabilidade dos dados.</p> Andrew Gomes de Vasconcelos Bonfim, Ana Paula Rodrigues Copyright (c) 2022 REVISTA DE SAÚDE DOM ALBERTO https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/771 Seg, 08 Ago 2022 09:13:51 -0300 AÇÕES DE CONTROLE E PREVENÇÃO DE INFECÇÕES EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO NO CONTEXTO DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/772 <p>Objetivo: Investigar as evidências científicas acerca dos fatores que contribuem para <br>o controle e prevenção das infecções hospitalares em UTI adulto no contexto de <br>trabalho dos profissionais de enfermagem. Método: Trata-se de uma revisão <br>integrativa de literatura a partir das bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde; <br>Scientific Eletronic Library Online e Base de Dados em Enfermagem. Resultados: os <br>estudos demonstraram a adesão às precauções padrão, o controle das infecções da <br>corrente sanguínea e do trato respiratório como importantes fatores para o controle e <br>a prevenção das infecções nesses ambientes. Conclusão: constatou-se a <br>importância da atuação da equipe de enfermagem sendo necessário fundamental a <br>capacitação permanente destes a fim de prevenir e controlar as infecções em UTI.</p> Marina Braga Corrêa, Onélia da Costa Pedro Cordenuzzi Copyright (c) 2022 REVISTA DE SAÚDE DOM ALBERTO https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/772 Seg, 08 Ago 2022 09:16:25 -0300 FATORES DESENCADEANTES DE ESTRESSE OCUPACIONAL NOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÓVEL DE URGÊNCIA (SAMU): UMA REVISÃO INTEGRATIVA https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/773 <p>Objetivo: Investigar as evidências científicas acerca dos fatores desencadeantes de<br>estresse ocupacional entre profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência <br>(SAMU). Método: Trata-se de uma revisão integrativa a partir das bases de dados <br>Biblioteca Virtual em Saúde (BVS); Literatura Latino-Americana e do Caribe em <br>Ciências da Saúde (Lilacs) e Scientific Eletronic Library Online (SciELO). Resultados: <br>Os resultados encontrados possibilitaram a construção de categorias que <br>identificaram as fontes geradoras de estresse neste contexto laboral. Conclusão: <br>Evidencia-se a importância de o gestor responsável pela unidade criar métodos de <br>avaliar periodicamente os trabalhadores quanto ao nível de estresse dos mesmos e <br>buscar soluções para minimizar esse agravo.</p> Adriane Cristina Sehn, Onélia da Costa Pedro Cordenuzzi Copyright (c) 2022 REVISTA DE SAÚDE DOM ALBERTO https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/773 Seg, 08 Ago 2022 09:20:04 -0300 AÇÕES DO CUIDADO REALIZADAS PELA EQUIPE DE ENFERMAGEM PARA PREVENÇÃO DAS LESÕES POR PRESSÃO EM PACIENTES INTERNADOS EM UTI: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/774 <p>A qualidade do atendimento em saúde é avaliada durante o serviço prestado, <br>necessitando profissionais que priorizem a segurança do paciente. Conhecer as ações <br>de cuidado realizadas pela equipe de enfermagem em pacientes internados em UTI <br>na prevenção de LPPs, evento adverso incidente neste cenário, torna-se <br>indispensável. Trata-se de revisão integrativa com consulta em 3 diferentes bases de <br>dados. Foram encontrados 613 artigos, publicados nos últimos 5 anos, sendo 10 <br>incluídos na amostra final. A maioria dos profissionais da equipe de enfermagem que <br>atuam em UTI realizam a prevenção da LPP, mas este cuidado acaba ficando em<br>segundo plano. Ressalta-se a capacitação das equipes, desenvolvimento e <br>implantação de protocolos de prevenção e tratamento de LPP na UTI.</p> Neuza Teresinha Borges, Janaina Padilha Copyright (c) 2022 REVISTA DE SAÚDE DOM ALBERTO https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/774 Seg, 08 Ago 2022 09:22:58 -0300 AÇÕES DO ENFERMEIRO FRENTE AO CÂNCER DE MAMA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA: REVISÃO INTEGRATIVA https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/775 <p>Objetivo: Identificar na literatura científica as ações do enfermeiro frente ao câncer <br>de mama na atenção primária. Método: Trata-se de uma revisão integrativa, que <br>ocorreu entre os meses de março a junho de 2022 nas bases de dados BVS, BVS <br>ENF, LILACS e SciELO com resultado final de sete artigos. Resultados: Após análise <br>dos dados surgiram duas categorias temáticas: a primeira direciona para dificuldades <br>relacionadas à recursos humanos e capacitações na área; e a segunda aponta para <br>dificuldades na rede de atenção, fluxos e políticas públicas. Conclusão: É de grande <br>importância a continuidade na educação do enfermeiro, lhe proporcionando confiança <br>em seu atendimento frente a patologia bem como políticas públicas e a estruturação <br>da rede de atenção.</p> Jefferson Ricardo Mueller, Juliana Rockembach Copyright (c) 2022 REVISTA DE SAÚDE DOM ALBERTO https://revista.domalberto.edu.br/revistadesaudedomalberto/article/view/775 Seg, 08 Ago 2022 09:26:09 -0300