ANÁLISE DO IMPACTO DA APLICAÇÃO DO CPC 01 - REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL SOBRE OS INDICADORES FINANCEIROS EM EMPRESAS DO SETOR DE ENERGIA LISTADAS NA BOVESPA

  • Tainá Silva da Rosa
  • Jaqueline Paula Walter Schneider

Resumo

O CPC 01 foi aplicado como marco inicial no processo de convergência do Brasil às IFRS mas ainda possui grande subjetividade em sua aplicação. Neste sentido, este estudo buscou identificar o impacto da aplicação do CPC 01 (R1) - Redução ao Valor Recuperável de Ativos sobre os indicadores de análise de rentabilidade em empresas do setor de energia listadas na BM&FBovespa, entre os anos de 2016 e 2018. Os indicadores de desempenho foram calculados considerando dois cenários: (a) informações contábeis coletadas das Demonstrações Financeiras e Notas Explicativas; e (b) simulação de um cenário eliminando-se o efeito do reconhecimento do impairment sobre as informações contábeis. Comparando-se o desempenho das empresas verificou-se que o reconhecimento da perda pela redução ao valor recuperável impactou os indicadores de desempenho assim como a determinação de qual empresa possui o melhor desempenho. Os resultados deste trabalho demonstram a importância da precisão dos registros de impairment para que as stakeholders tenham informações fidedignas como base para tomada de decisão.

Biografia do Autor

Tainá Silva da Rosa

Graduanda em Ciências Contábeis – Faculdade Dom Alberto. (tainarosa96@outlook.com)

Jaqueline Paula Walter Schneider

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Santa Maria (2010), com Diploma Mérito de Aluno Destaque. Experiência em Auditoria Externa através da atuação em "Big Four" (KPMG e EY - Ernst & Young). Docente no Centro de Ensino Superior Dom Alberto. Contato: jaquelineschneider@domalberto.edu.br.

Referências

CPC (COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS). Pronunciamento Técnico CPC 01 (R1). Redução do Valor Recuperável de Ativos. Disponível em: <http://static.cpc.aatb.com.br/Documentos/27_CPC_01_R1_rev%2012.pdf>.

CVM (COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS. Disponível em: <http://www.cvm.gov.br/export/sites/cvm/legislacao/deliberacoes>.

IBRACON (INSTITUTO DE AUDITORES INDEPENDENTES DO BRASIL). Ibracon divulga segunda edição do estudo sobre os Principais Assuntos de Auditoria. 29 de Agosto de 2018. Disponível em: <http://www.ibracon.com.br/ibracon/Portugues/detNoticia.php?cod=5573>.

LIMA, Igor Gabriel, et al. Aspectos qualitativos da informação contábil: uma revisão analítica acerca da qualidade informacional introduzida a partir dos normativos contábeis estabelecidos pelo CPC, IASB e FASB. Revista GeTeC – Gestão Tecnologia e Ciências. v. 02. n. 04. 2012.

OLIVEIRA, Alexandre M. S. de, et al. Contabilidade Internacional: Gestão de riscos, Governança coorporativa e contabilização de derivativos. São Paulo: Atlas, 2008.

RAUPP, Fabiano Maury; BEUREN, Ilse Maria. Proposta de Mensuração de ativos imobilizados por meio do fair value e do impairment test. In: CONGRESSO DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE., 2006. São Paulo.

SOUZA, Maíra Melo de; BORBA, José Alonso; BORGERT, Altair. Perda no valor

recuperável de ativos: uma análise dos reflexos nos indicadores econômicos e financeiros no setor elétrico brasileiro. Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da49 UERJ (online), Rio de Janeiro, v. 16, n. 1, p. 115 - p. 129, jan./abril, 2011.

Publicado
2019-12-19
Como Citar
ROSA, T. S. DA; SCHNEIDER, J. P. W. ANÁLISE DO IMPACTO DA APLICAÇÃO DO CPC 01 - REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL SOBRE OS INDICADORES FINANCEIROS EM EMPRESAS DO SETOR DE ENERGIA LISTADAS NA BOVESPA. REVISTA DE ANAIS DE EVENTOS DOM ALBERTO, v. 1, n. 2, p. 9-14, 19 dez. 2019.
Seção
Resumos Expandidos - Seminário de Contabilidade